Cigarro Eletrônico faz mal?

Saiba como funciona e porque é mais perigoso que o cigarro

Tipos de cigarro eletrônico.
Cigarro eletrônico

Cigarro eletrônico, E-cigarro ou e-cigarro é somente uma alternativa para manutenção do hábito fumar. Ele é constituído por uma boquilha (inalador), um cartucho, um atomizador, ou chip e uma bateria recarregável.

É um produto desenvolvido na China, de aparência similar aos cigarros convencionais.

Os cigarros eletrônicos liberam um vapor “alegadamente” não prejudicial para a saúde. Entretanto, após análise realizada recentemente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) descobriu-se que diversas substâncias tóxicas envolvidas em sua fabricação inclusive além da própria nicotina, outras substancias cancerígenas, presente em altas doses, levaram a OMS a aconselhar sua proibição dentro dos países signatários.

Poderão ler nas diversas mídias jornalísticas recentes, que a maioria das multinacionais fabricantes de cigarro, compraram e incorporam as maiores fabricas de cigarro eletrônico em diversos países além do Brasil.

Esse produto ilude os fumantes e os jovens principalmente, parecendo algo “inofensivo” ou “uma alternativa menos perigosa”, uma vez que a ênfase é que “se trata de vapor de água” um tipo de “água com açúcar - placebo”.

O vapor de água é somente o veículo para os produtos cancerígenos entrarem no organismo. Como a fumaça é para a nicotina e o alcatrão do cigarro.

Os riscos de complicações são os mesmos até maiores do que fumando cigarro. A quantidade de nicotina inalada pode se tornar facilmente superior, por causa de sua pretendida “inocuidade”(3 a 50 mg/ml informado nos frascos pelos fabricantes) isso que ainda não falamos dos outros produtos inalados.

Veja a comparação com a quantidade de nicotina presente na maioria dos cigarros no Brasil, na tabela comparativa (2011) cigarro - adesivo - goma de mascar.

O “cigarro eletrônico” continuará sendo uma forma de manutenção do fumo, assim como a reposição de nicotina pelo adesivo e goma de mascar.

As dependências física e comportamentais, os dois principais pilares de sustentação do tabagismo, não são eliminadas pelo cigarro eletrônico. Por isso o tratamento oferecido no Instituto Marat, se torna adequado para resolver o problema.

Fontes

https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//inc-cigarroeletronico-folder-111219ld6.pdf

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/07/26/oms-alerta-para-danos-dos-cigarros-eletronicos-a-saude.ghtml

https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//cartaz_defs_ap_secom.pdf

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cigarro_eletr%C3%B4nico

https://www.nbcnews.com/health/health-news/what-vape-everything-you-need-know-n1049111

https://www.healthline.com/health/vaping-essential-oils#vs-vaping-with-nicotine

https://www.fda.gov/consumers/consumer-updates/fact-or-fiction-what-know-about-smoking-cessation-and-medications

Extract: E-cigarettes are not approved by the FDA as an aid to quit smoking and may expose users to some of the same toxic chemicals found in combustible cigarette smoke.

Tradução: Os cigarros eletrônicos não são aprovados pela FDA (Administração de alimentos e medicações dos Estados Unidos) como uma ajuda para parar de fumar, e podem expor os usuários pelas substancias tóxicas resultando da combustão dos produtos (Nota: expostos na matéria acima) encontrados no vapor de água inalada com o cigarro eletrônico.

https://www.heart.org/en/healthy-living/healthy-lifestyle/quit-smoking-tobacco/is-vaping-safer-than-smoking

A vida é uma longa caminhada, você tem fôlego para isso?

Entre em contato conosco!

Com a necessidade de permanecer em residência,
estamos atendendo pelo telefone:
(11) 93499-1818
Até que as recomendações da OMS mudem.

(11) 3255 5532 - (11) 3259 3259

WHATSAPP