Parar de fumar apenas com a força de vontade, é possível?

Parar de fumar quando desejar. Este é um mito que muitas pessoas acreditam como verdadeiro, mas a experiência mostra que apenas um pequeno número de fumantes consegue largar o cigarro só com a força de vontade.

Na maioria dos casos, principalmente quando o indivíduo é fumante há muito tempo, seu organismo acostuma-se de tal maneira à nicotina, que a simples parada de um dia já é suficiente para provocar dores de cabeça, ansiedade, nervosismo e outras reações associadas à “síndrome de abstinência da nicotina”. No entanto, ninguém nasce fumante ou adquire o hábito como se fosse uma gripe, portanto é possível parar de fumar.

Fumar não é uma doença, mas suas consequências sim

Fumar é um hábito adquirido, que se torna um vício pela dependência física da nicotina.

Os rituais e condicionamentos mecânicos, sociais, mais o prazer que acompanham o ato de fumar causam também dependência comportamental.

Esses dois tipos de dependência acabam se tornando os pilares de sustentação do tabagismo. Por isso, a tentativa de parar de fumar gera tanta dificuldade, a fissura e a conhecida Síndrome de Abstinência.

Na maioria dos casos, a força de vontade não é suficiente para o fumante abandonar o vício. O tratamento do Instituto Marat apresenta bons resultados porque aborda o tabagismo no seu todo, atuando em todas as frentes, a começar pela principal, a dependência física. Sem fazer uso de medicação.

A vida é uma longa caminhada, você tem fôlego para isso?

Entre em contato conosco!

Com a necessidade de permanecer em residência,
estamos atendendo pelo telefone:
(11) 93499-1818
Até que as recomendações da OMS mudem.

(11) 3255 5532 - (11) 3259 3259

WHATSAPP